Produtos Ver todos

COCO AMIDO PROPIL BETAÍNA 30%

Material Técnico

Cocoamidopropil Betaína tem sido utilizado como tensoativo secundário em diversos produtos cosméticos, de cuidados pessoais, de higiene e limpeza, entre outros, devido, principalmente, às suas características toxicológicas. Tensoativos secundários como a Betaína são usados para melhorar as propriedades da base tensoativa e otimizar o desempenho do produto final com relação à capacidade espumante, de espessamento, detergência e redução da irritação da pele. Cocoamidopropil Betaína tem sinergia com vários tensoativos, entre eles estão Lauril Éter Sulfato de Sódio e Ácido Sulfônico. A aplicação da Betaína reduz a irritação da pele e das membranas mucosas. Além disso, as formulações são fáceis de espessar e desenvolvem uma espuma abundante e estável. A Betaína tem como propriedades destacadas um melhor desempenho de limpeza e condicionamento aos produtos formulados. Sua toxicidade é tão baixa que é comumente aplicada em produtos de higiene oral. Permite espessar a formulação, reduzindo a quantidade necessária de eletrólitos para ajuste da viscosidade. Além disso, aumenta o poder espumante de tensoativos aniônicos, proporcionando uma espuma mais rica e cremosa, altamente desejada em formulações diversas, sobretudo nas formulações de detergentes líquidos para lavagem manual de louças.

A Betaína é estável na presença de dureza de água, álcalis e ácidos, possibilitando um maior número de aplicações devido à grande eficiência de limpeza que proporciona às formulações de que faz parte. A Betaína é ainda um excelente co-tensoativo, compatível com tensoativos aniônicos, catiônicos e não-iônicos, o que favorece seu uso em formulações de sabonetes líquidos para lavagem de mãos. Nestas formulações, a dosagem recomendada é de aproximadamente 5%. Seu uso em sabonetes degermantes é bastante freqüente pois a Betaína tem propriedades microbicidas e atua em sinergia com os ativos da formulação. O grupo nitrogenado da Betaína, carregado positivamente em meio ácido, é adsorvido por superfícies metálicas, criando um filme lipófilo muito fino que confere ao metal certa proteção contra corrosão, prolongando a vida útil dos equipamentos industriais. Em formulações de detergentes líquidos para lavagem manual de louças, é eficaz na redução da tensão superficial e atua em sinergia com tensoativos aniônicos. Além disso,
possibilita maior estabilidade de espuma, produzindo maior espessamento e aumentando do poder de detergência. Normalmente é empregada em dosagens que variam de 0,5 a 3,0%.

Material Técnico

NomeCategoriaBaixar

Deseja um orçamento?

Entre em contato